Fisioterapeuta Janaína Guedes e a Linfotaping

linfo

Mais um tratamento estético promete fazer a cabeça dos adeptos às novidades da beleza. Técnica bastante popular que trata lesões esportivas, utilizada amplamente por fisioterapeutas do mundo todo, e também no tratamento das sequelas de esvaziamento de linfonodos em câncer, o linfotaping está sendo usado também nas clínicas dermato-funcionais. Os benefícios, segundo os especialistas, incluem desde a remoção de congestionamento dos líquidos intersticiais (redução de edemas), incremento da circulação, drenagem linfática, tratamentos das cicatrizes, quelóides,  entre outros.

 

A técnica usa uma fita elástica adesiva, o taping ou bandagem, de material com textura e elasticidade semelhante a da pele. Com a colocação dessas bandagens, a pele é “elevada” e desta forma os filamentos de ancoragem, que abrem os vasos linfáticos iniciais e que são tracionados, permitindo a drenagem dos líquidos. “Com as bandagens, formam-se ondulações na pele aumentando os espaços entre a derme e a epiderme favorecendo uma redução de pressão causada pelo edema nessas regiões, com o devido posicionamento do linfotaping é possível criar caminhos de escoamento para esses líquidos, e isso é possível graças aos estímulos constantes dos receptores cutâneos”, explica a fisioterapeuta Janaína Guedes.  

 

Para realizar o tratamento, Janaína lembra que os interessados devem procurar um profissional capacitado na técnica. “O resultado já aparece nos primeiros dias”, adianta a fisioterapeuta.  Segundo a profissional, as fitas permanecem por três ou quatro dias na pele se for para o tratamento de linfedema ou celulite. No caso das cicatrizes, dois dias são sufiicientes. 

 

Serviço: Av. General. Edson Ramalho, 1084, João Pessoa – PB, 58038-102

Telefone: (83)98670-2173. Email: janainaguedesfisio@yahoo.com.br Instagram: @janainafisioproestetica

Fonte:Integrativa Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *