Ingrid Heckler, editora do Fique Ligado, fala do Oscar

Ingrid_FL1

Todo ano é assim: muitas surpresas, muitas polêmicas e muitas apostas. A 88 edição do Oscar, evento mais esperado pelo mundo do cinema, acontece no dia 28 de fevereiro e movimenta os cinéfilos de todo o mundo. Especialmente para ele, o site de entretenimento Fique Ligado está desenvolvendo uma página especial e exclusiva, com críticas de todos os indicados a melhor filme, além de matérias especiais sobre figurino, melhor trilha e canção original. Todas as notícias da premiação também estarão na página, além de fichas técnicas dos principais indicados, com informações essenciais para se conhecer o trabalho de cada um deles e escolher seus preferidos para entrar na torcida.

Na entrevista descontraída que segue, a publicitária, cinéfila e editora-chefe do Fique Ligado, Ingrid Heckler (foto), fala sobre as expectativas do Oscar 2016 e de mais novidades do Fique Ligado para o mega evento.

É, finalmente, a vez do Leo de Caprio?

Amamos a zueira em torno do fatídico Oscar para o ator Leonardo DiCaprio, como viveremos sem gifs e memes sem esta pauta, mas o fato é que talvez os planetas tenham se alinhado e chegado o merecido momento de Leo levar. Talvez Eddie Redmayne tenha chances de cortar o barato de DiCaprio, afinal o trabalho dele está igualmente sensacional. Quem a gente não sabe o que está fazendo na lista de melhor ator é Matt Damon. Perdido Em Marte é um ótimo filme, mas a interpretação de Matt não tem nenhum diferencial, em termos de entrega. É um bom filme de aventura/ficção científica/dramédia e só.
Foi azar da animação brasileira vir logo no mesmo ano do sensacional Divertidamente?

Recebemos a indicação de “O Menino e o Mundo” com muita satisfação. O visual é realmente deslumbrante e é merecido pelo resultado final, isso porque a obra traz realmente elementos ousados e interessantes. Mas como o roteiro em seu processo de criação foi solto demais, deixando muito aberto as questões abordadas, gerando diferentes interpretações sobre a história isso pode pesar na hora da escolha dos votantes da academia, por talvez parecer confuso. A trilha da animação brasileira é outro ponto alto incrível. Mas competir com “Divertida Mente” é tenso, mas ótimo estar entre os 5, e essa indicação pode ser a porta de entrada para próximas futuramente. Um incentivo a investimentos na produção de animações nacionais.
Stallone vai levar o dele pelo conjunto da obra ou por que está bem realmente no Creed?

Stalone deve levar pelo conjunto da obra… o que não é tão justo assim.
Charlize Theron será a grande injustiçada do ano ou seria Os 8 Odiados, que ficou fora de roteiro original?

Não foi tão surpresa que o roteiro de “Os Oito Odiados” não tenha sido indicado, há alguns deslizes no mesmo, o que pode ter sido decisivo, ocasionando a não indicação. O filme é ótimo, eu mesma vi duas vezes, selo Tarantino de qualidade. Há quem diga que ele está se repetindo em seu estilo, mas ele trouxe algo bem peculiar com esta história. Não há como não se divertir, cinema de Tarantino tem uma assinatura e qualidade inigualável. Mesmo com alguns deslizes, ninguém constrói tão bem personagens carismáticos como ele. O papel de Charlize já é icônico, em um nível que não precisa de Oscar para ficar marcado na história. Claro que seria ótimo se a academia reconhecesse. Aliás, Imperatriz Furiosa deveria ter sido o nome de Mad Max: Estrada da Fúria. Mas como estamos falando de um filme de ação, há certos preconceitos da academia em aceitar interpretações para este tipo de gênero. Infelizmente. Agora, injustiça mesmo foi a não indicação de Idris Elba por Beasts of no Nation, de Netflix. Mostrando uma certa resistência habitual da academia a aceitar o que é novo e moderno. Isso porque o filme é uma produção original do canal de streaming e mesmo tendo sido lançado simultaneamente nos cinemas, existe um preconceito.

Fonte: Andréia Barros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *