Os encantos de Los Angeles

 

Nessa última semana, tive a oportunidade de conhecer um dos locais mais emblemáticos do mundo cinematográfico: Los Angeles, na Califórnia. Terceira cidade mais populosa dos Estados Unidos, Los Angeles é uma cidade espraiada, com bairros distantes uns dos outros, onde é inviável morar sem possuir um carro. Cheia de palmeiras dos mais diversos tipos, encanta pela qualidade de vida e pelas inúmeras atrações para o turista, principalmente aquele ávido por conhecer o local onde a Sétima Arte tem espaço generoso e cativo.

Viajei pela American Airlines num voo direto partindo de São Paulo que durou cerca de 12 horas. Ficamos hospedados – minha filha Luciana, meu genro Marcel, minha neta Helena e eu – no Sheraton Universal de Los Angeles. O hotel estava com suas unidades praticamente lotadas, pois era feriado nacional e o hotel está localizado bem perto do parque temático da Universal Studios.

No dia seguinte, fomos conhecer in loco o famoso letreiro hollywoodiano. Subimos uma estrada íngreme e perigosa e, para nossa surpresa, apesar de estarmos bem perto da placa, não conseguimos vê-la direito por causa da intensa neblina (o tipo de problema que não enfrentamos na nossa “Hollywood Nordestina”, localizada em Cabaceiras, na Paraíba, onde a vista é sempre muito nítida – até porque a região, apesar de ser muito bela, é uma das mais secas do Brasil).

No outro dia, fomos visitar o Parque da Disney. O ingresso, que custa US$ 135,00, dá direito às atrações do parque e a vivenciar o jeito americano de ser. Muitas atrações para crianças e adultos fazem da Disneyland um local para se divertir, comprar e conferir que o americano é um povo simpático e cordial.

Resolvemos conhecer Santa Monica, cidade que tem um píer famoso e é o ponto final da Rota 66, a estrada mais famosa dos EUA. Almoçamos num típico restaurante americano onde degustamos um saboroso prato regado a uma cerveja bem gelada.

Na noite desse mesmo dia, participamos de uma festa tipicamente americana com direito a “happy birthday to you”. Fomos ao aniversário de Ron, o marido da sogra da minha filha. A festa, realizada numa típica casa americana, seguia os nossos padrões de eventos: mesa de frios, mesa com coquetéis e em seguida um jantar. Por fim, o corte de um bolo enorme. A única diferença que constatei entre os alimentos oferecidos, em relação ao Brasil, foi um feijão doce, servido na mesa de frios.

Como todo mundo que vai a Los Angeles visita a famosa Calçada da Fama, fomos em busca desse conhecido destino turístico. Muitas pessoas na rua, alguns artistas com fantasias de personagens de filmes famosos, muitas fotos no prédio que abriga a entrega do Oscar e a identificação de nomes dos artistas mais emblemáticos na famosa calçada fazem do local uma grande e animada festa.

Claro de Beverly Hills fez parte do nosso roteiro turístico, encerrado com uma visita ao hotel que foi palco para o filme “Uma linda mulher”.

Finalmente, para fechar com maestria a nossa visita à terra do tio Sam, fomos visitar The Grove e suas inúmeras atrações. The Grove é um bairro turístico que tem ótimos locais de compras e divertimentos. Quer seja para caminhar, comprar ou simplesmente apreciar o local, vale uma visita.

Uma observação final: se você for a Los Angeles e não souber falar inglês nao se preocupe, em todo local a segunda língua é o espanhol.  ¿Hablas español?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *